Home / Brasil / São Paulo / Museu da Língua Portuguesa, ou onde não levar seu amigo gringo

Museu da Língua Portuguesa, ou onde não levar seu amigo gringo

Este artigo fica aqui para registro histórico. O museu pegou fogo em 2015 e encontra-se fechado.

museu lingua portuguesa
Foto do site

Sempre quis conhecer o Museu da Língua Portuguesa, na Estação da Luz, em São Paulo. Estava no meu imaginário. Coisa de jornalista. Um dia fui, gostei. Só que, tipo assim, não leve seu amigo gringo. Estava eu com duas amigas francesas e elas boiaram a maior parte do tempo.

O Tripadvisor francês apontou lá, a ne pas rater – coisas que não se pode perder em São Paulo e as francesas quiseram ir, lógico. Elas e a torcida do Flamen …oops do Olimpique Lyonnais, Liverpool, Chelsea, Bayern … Dia de visita gratuita, até injeção na testa, museu LO-TA-DO, inclusive com muitos estrangeiros. Lonely planet no sovaco, sandalinha franciscana nos pés, mas que tipo de ideia na cabeça ? Será que gostaram ?

As francesas aprovaram a organização e ficaram impressionadas com os recursos tecnológicos e interatividade, mas a verdade é que não entenderam bulhufas, patavina, xongas. “E agora, José ?” Não tem nada traduzido, é tudo em português… mesmo.

Óbvio né, mas eu não tinha pensado nisso. E as duas últimas etapas (a sala de vídeo e a projeção de imagens e sons) são músicas, trechos de poesias e referências culturais que só um brasileiro nato consegue reconhecer.

A visita é dividida em três partes. Primeiro, subimos ao segundo andar, muito bem equipado tecnologicamente. O telão com cenas do Brasil e jogos de palavras, o mapa interativo pra ver as diferenças de sotaques de cada região e a linha do tempo contando a história, influências e evolução da nossa linda língua portuguesa. Como elas falam espanhol deu pra se virar, até gostaram e aprenderam algumas coisas.

A segunda parte é um vídeo de 10 minutos com a Fernanda Montenegro falando sobre o português no mundo. Bom, entender a parte escrita foi fácil, mas o oral do brésilien“, minha gente, é duro, elas não entenderam nada. A partir dali a tela vira, abrindo a entrada na Praça da Língua, uma exibição de imagens e sons com 20 minutos de duração.

museu lingua portuguesa1
Foto do site

É um espetáculo ótimo, com poemas de Drummond, Gregório de Matos, narrados por vozes que certamente você vai identificar. É uma brincadeira de referências da nossa cultura. Só que eu fiquei incomodada e constrangida pelo fato de que elas estavam ali sem receber nenhuma daquelas mensagens.

No final, um pouco tontas de tédio, uma delas vira e pergunta

Alors, quel est le concept ?

Qual o conceito ? Well, entonces, alors, veja bem.

– Toda cultura tem coisinhas; coisinhas que são só nossas. “Não se preocupe em entender”.

 

Museu da Língua Portuguesa

Vale a pena comentar o direcionamento do conteúdo do museu ao público infanto-juvenil, as informações são superficiais e servem (com todo mérito) para despertar o interesse de estudantes pela própria língua. Bom, eu não sou criança, não preciso de interatividade pra despertar meu interesse por cultura, mas reconheço que é ótimo recurso pra chamar atenção de crianças e adolescentes. O Museu da Língua Portuguesa cumpre muito bem o seu papel. Ponto final na questão. Informações práticas no site www.museulinguaportuguesa.org.br/exposicoes.php

 

Sobre Nivea Atallah

Avatar
Jornalista de formação e mochileira por vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *